Ciclo de vida das redes sociais, será que o Facebook vai acabar?

Que a grande maioria dos brasileiros é apaixonada por redes sociais isso todo mundo já sabe, mas o que as pessoas começaram a entender é como funciona o ciclo de vida dos sites de relacionamento mais famosos do mundo, pelo menos é isso que promete um estudo feito por engenheiro da Universidade Princeton.


Segundo os autores, os usuários ingressam em redes sociais por causa de amigos que já participam, da mesma forma que o contágio se dá pelo contato com pessoas doentes. O abandono das redes segue a lógica contrária, com as pessoas perdendo interesse à medida que os conhecidos deixam de participar.

Não precisa ser nenhum grande estudioso para perceber que todas as grandes redes sociais do mundo tiveram um ciclo de vida muito parecidos.

Quanto ao estudo feito pela Universidade citada acima podemos dizer que não estão totalmente certos mas também não estão totalmente errados, vamos dar uma olhada em como as redes sociais evoluíram atingiram o top e depois desceram em queda livre no gosto das pessoas no Brasil e no mundo.

Utilizando o Google Trends iremos analisar a vida de algumas das mais importantes redes sociais da história, e com isso, tentar fazer uma previsão relacionada ao Facebook, e você o que acha? Quando o Facebook deverá deixar de ser o queridinho da galera? Será que isso irá mesmo acontecer?

Caso você não conheça o Google Trends é mais uma brilhante ferramenta do Google utilizada para você avaliar o interesse das pessoas sobre determinadas palavras-chave, ela analisa este interesse através do número de pesquisas feita nos buscador.


Vamos tentar descobrir


Comecei analisando uma das primeiras redes sociais que ouvi falar o MySpace que já foi a rede social mais acessada do planeta


Observe que ele atingiu o ápice em julho de 2007 (três anos depois do Facebook já ter sido inventado) e de lá pra cá foi realmente queda livre. Note que no Brasil ele só "vingou" um bom tempo depois, já em 2009, não custa lembrar que o MySpace nunca foi muito querido por aqui.


Agora vamos dar uma olhadinha no nosso tão amado e saudoso Orkut. Talvez a melhor rede social da qual já participei, quem não era fã? Todo mundo! Não é verdade?



Repare que o Orkut conseguiu uma sobrevida depois do primeiro processo de declínio. Isso se deve a boas atualizações que aconteceram ao longo do tempo, ao lançamento do Novo Orkut, que na minha opinião foi muito bem feito com o sistema de convites.

Dá pra notar que o último suspiro do Orkut se deu em março de 2012, durante os 5 anos do seu pico máximo até este último suspiro ele oscilou entre subidas e quedas. Processo comum em qualquer negócio ele cresce atinge o topo depois cai, se reinventa, melhora, e cresce de novo, assim o ciclo continua.


Podemos reparar que pouco mudou entre a pesquisa a nível mundial e nacional. Isso porque o Orkut foi um grande sucesso principalmente por conta do brasileiros que praticamente carregaram a rede social nas costas. Neste tempo o americano por exemplo já era um dependente do Facebook.

O Twitter é outro grande que por aqui não foi lá essas coisas, muitos usam, de vez em quando dão uma olhadinha nos que as pessoas andam comentando e depois somem de novo, se me permitem dar minha opinião eu acho o Twitter a rede social mais bem feita, a mais inteligente que usei.

Já li alguns artigos dizendo que o brasileiro não é inteligente o bastante para o Twitter, afinal, bons tweets são necessários para alavancar o número de seguidores. Prometo que assim que eu achar o artigo conto quem foi hahsah.

Sem tweets inteligentes e bem escritos, não há seguidores que se interessem, e sozinho na internet é que ninguém fica de jeito nenhum. Mas observem que ele está justamente no processo de oscilação neste momento.


A tendência é que ao longo dos anos a queda seja mais vertiginosa, isso claro, se nada mudar no serviço de microblogs.

A diferença entre o gráfico mundial e o brasileiro é muito grande neste caso, a sensação é que o brasileiro já não gosta mais do passarinho azul.



Agora chegamos naquele que bomba, no todo poderoso, no chefão nível master, o Facebook. O que ele fez de tão doce meu amigo eu não sei, é claro que dá pra destacar um monte de virtudes da cria do Zuckerberg mas que o Facebook tem um domínio fantástico não dá pra negar.

Vamos ao gráfico:



Olhe que interessante neste momento o Facebook vem de uma queda desde Dezembro de 2013 (isso porque no finalzinho do ano ele deu uma subidinha marota). Então já podemos considerar que está provavelmente no processo de oscilação.

O curioso é que no Brasil ele ainda esta com um belo gráfico, a queda foi menos brusca e ele já volta a um nova fase de crescimento, observe:


Se for feita uma comparação a nível mundial vamos perceber que o Orkut quando passou por um processo de queda tão longo não se recuperou mais, é claro que o patamar ao qual chegou o Facebook hoje é fora de qualquer padrão mas como eu disse não precisa ser nenhum especialista para perceber que o Face já não corre com o mesmo fôlego de antes.

Será que o Facebook vai acabar.


E você o que acha meu caro leitor? Depois de ver estes gráficos o que você acha que irá acontecer? Deixe sua opinião nos comentários e vamos ver quem acerta as previsões.

Muito obrigado a todos que chegaram até aqui, te vejo aqui em baixo e até mais.
SHARE

Alexandre Santos

Eu sou Alexandre Santos, graduado em Sistemas de Informação pela Faculdade Pitágoras, e professor a mais de 8 anos. Me aventurando como blogueiro afinal conhecimento só é útil quando compartilhado.

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Pois é cara, não sei se acabar seria o melhor, mais o ideal seria que o povo fosse um pouco menos bitolado.

      Excluir